Social Icons

twitterfacebooklinkedinemail

domingo, 14 de outubro de 2012

Ele me Trocou pela Família dele!


“Minha história e a seguinte, conheci meu marido na faculdade, namoramos durante 2 anos, nesse tempo nunca tivemos brigas ou desentendimentos sempre foi tudo muito tranquilo, pois a família dele não morava próximo então eu não tinha noção de como era a família dele. 

Eis que decidimos vir pra Londres estudar, mas eu tinha planos de ir pra Itália, mas enfim, acabei cedendo e viemos parar em Londres.
Quando chegamos não tivemos um dia de sossego e não tivemos nada de lua de mel, assim que chegamos no outro dia ele foi trabalhar e assim foi durante um bom tempo. Eis que tudo o que fazíamos era junto com a família dele nunca tivemos um dia só nosso sempre tivemos uma espécie de casamento coletivo, o que sempre me irritou mas, no inicio como eu sabia a falta que ele sentia de ambiente familiar com sua família eu sempre cedia, mas eu comecei a ver que isso não estava normal, pois comecei a sentir que pra ele eu deveria sim estar com ele e não deveria reclamar em nenhum aspecto. Só que hoje que já faz um ano e meio que estamos juntos que as coisas começaram a ficar muito ruins... Quando chega domingo, por exemplo, ele fica incomodado de sair comigo ou de estar comigo parece que ele só sente realizado estando no ambiente familiar e também domingo e o dia que a mãe dele tem folga e estão sempre juntos, eu não participo aliás muito pouco, mas ele se programa da seguinte forma: sai comigo, almoçamos chegamos em casa e dentro de algumas horas ele se sente incomodado pega seus pertences e sai e só retorna a casa tarde da noite, e isso me deixa louca pois nos não temos tempo pra ficarmos juntos ou fazer programas diferentes, e sempre quando eu o convido pra fazer algo diferente ele rejeita,o que eu sinto que ele esta sempre incomodado com alguma coisa, eu já falei pra ele que não pode ser assim e ele disse que não ira renunciar a família dele pra ficar comigo eu não tenho mais condições de entender o que se passa eu acredito que isso seja alguma doença, pois não entendo como um casal esta junto e tem um que não se sente a vontade e como se algo lhe faltasse e ele tem sempre que buscar junto da mãe dele ou com a família, eu me sinto desvalorizada, sozinha,e acho que o principal uma mulher sem brilho a espera do homem que dorme comigo na cama me ver como mulher. Eu acredito que esse comportamento dele seja doença, ou algo que nunca será curado. Obrigada pela atenção.” - M

M.,
Veja bem, existe uma coisa que chamamos de economia na psicologia, em resumo isso implica em que tipo de ganhos temos com nossos relacionamentos, sejam eles quais forem, amorosos, de trabalho, familiar, etc...

Normalmente quando um relacionamento nos incomoda é por que as perdas estão sendo maiores que os ganhos, às vezes, não nos damos conta do que exatamente e por conta de determinadas carências e crenças nos mantemos em relacionamentos que sabemos serem ruins.

A partir desse momento ficamos procurando respostas no externo e justificamos todo tipo de comportamento do outro para esquecermos de nós mesmos e de nossos problemas.

Sinceramente, percebo que você não está num relacionamento satisfatório, mas há uma dependência não sei de que ordem que te impede de encarar esse relacionamento de frente. Aí, é mais fácil dizer que o seu companheiro está doente.

Reflita sobre você mesma e o que você quer, coloque limites para encarar seu relacionamento e corra o risco de ter que abrir mão dele par viver melhor.

É só isso, e se ele estiver doente tem que procurar ajuda, mas isso só vai funcionar se ele se der conta que não está bem, o que me parece não é caso, pois para ele está tudo normal e como deve ser.

Como diz o velho ditado: “os incomodados que se mudem”.

Fique em paz!

Alexandre Santucci
Psicólogo

Envie suas perguntas para  SeR no Divã (sernodiva@gmail.com), seu nome não será publicado.
Publicado no SeR em 15 de Junho de 2010 23:36
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...