Social Icons

twitterfacebooklinkedinemail

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Gênesis - Onde nasce o amor?

A mentira é o medo do futuro
uma história de amor
Onde nasce o amor?
Quando criança aprendemos a amar, em realidade quando crianças já sabemos o que é o amor, quando crescemos vamos esquecendo. 
As pessoas necessitam tanto de uma companhia que esquecem de onde vem o amor.


A experiência do amor tem muito a ver com aquilo que chamamos crescimento.
Em nossas fases de vida desde o nascimento somos colocados, fase a fase, frente a situações de desenvolvimento, ou de des-envolvimento.
É um grande circulo ou uma espiral que gira em torno do envolver e des-envolver.
Viver passa a ser um aprendizado, onde o importante é aprender e desaprender, sem deixar de reter o conhecimento, mas aproveitando o melhor de cada jornada.

Imagine uma menina que ganha uma boneca de presente. Assim que ganha vem uma euforia, uma grande alegria do receber o presente, naturalmente o momento seguinte é brincar com o presente, assim o ganhar ficou para trás, mas a sensação do ganhar não, pelo contrário, será repetido inúmeras vezes, tantas quantas se sentir feliz ao receber um novo presente. Já o brincar ganhará muitas formas, algumas se repetirão, outras serão sempre uma novidade e a forma que mais agrada será marcada e gravada. Agora se essa menina estabelecer uma relação com esse brincar de forma estática, se a regra para brincar for sempre a mesma, ela vai se envolver com essa relação também sem a possibilidade da mudança e levará por uma vida e não conseguirá se des-envolver dessa relação e permanecerá como a única possibilidade.
Com o passar do tempo, se não for dessa forma conhecida, terá medo de arriscar e não ser feliz com essa “brincadeira”.

São nas fases mais antigas que estabelecemos nossas regras de relacionamentos e desenvolvimentos e a partir de lá criamos nosso padrão de comportamento.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...